domingo, 9 de março de 2008

Zero ao Quadrado

Modelo depressivo, decadente
Modelo de erros não vale nada
sou o zero em seus termos absolutos
sem virgulas, pontos ou aspas

Hoje não há dia ou noite
o sol não floriu no meu jardim
não quis perder seu tempo
com quem não esta mais aqui

Tropesso em meus proprios passos
em meio à tempestade de lagrimas
sigo levando nas costas...
o fardo pesado de minhas magoas

E de todos os erros que eu não cometi
dados guardados, que por outros deixei
o nada que eu herdei do mundo
e o tudo que em nenhum tempo terei...

3 comentários:

biazinha disse...

Mas o que seria do acerto se não fosse o erro? Erramos tentando acertar...acertar assim de cara, não tem valor nenhum, nem sentimos o valor desse acerto.
Bjuxxx.

^^

Tem post novo lá no meu cantinho

biazinha disse...

Hey Cris, Hey Gio...kd vcs?
Saudades, heim!

bjuxxx.

^^

Osc@r Luiz disse...

A equação que se iguala a zero é muito complexa, tem muitos termos.
Isso aumenta a chance de que um pequeno errinho, se propague de tal forma, que o resultado jamais se torne o esperado...
Um abraço!
Parabéns por aqui também!